Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Não há nenhum compromisso assumido relativamente à privatização da CGD" -- Passos

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 jun (Lusa) - O primeiro-ministro afirmou hoje que "não há nenhum compromisso assumido relativamente à privatização da Caixa Geral de Depósitos (CGD)" e prometeu que, no dia em que isso eventualmente acontecer, será feito de forma transparente.

Pedro Passos Coelho respondeu desta forma ao secretário-geral do PS, António José Seguro, que no início do debate quinzenal na Assembleia da República tinha exigido que esclarecesse "tim-tim por tim-tim" se estava a preparar uma privatização da CGD através da transferência de ações para a Parpública.

"Quero garantir ao deputado António José Seguro que, no dia em que o Governo entender que deva propor a privatização de parte do capital CGD, não deixará de o fazer com toda a transparência. Não há nenhum compromisso assumido relativamente à privatização da CGD", afirmou o chefe do executivo PSD/CDS-PP.