Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Não falo sobre o que considero calúnias e garotices" -- Alberto João Jardim

Lusa

  • 333

Funchal, 23 fev (Lusa) -- O presidente do Governo Regional da Madeira disse hoje que não fala "sobre calúnias e garotices" quando confrontado com a notícia de que o Departamento Central de Investigação e Ação Penal vai acusar o executivo regional por prevaricação.

"Eu já disse que não falo sobre o que considero calúnias e garotices, mais nada", afirmou Alberto João Jardim, ao entrar no Centro de Congressos do Casino da Madeira, no Funchal, para assistir ao concerto que assinala o centenário do Recreio Musical União da Mocidade.

Aos jornalistas, que ainda interpelaram o chefe do executivo insular sobre se continua a ter condições para governar, Alberto João Jardim nada mais acrescentou.