Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Não é com cidadãos infelizes e desesperançados que se ganha competitividade" - Menezes

Lusa

  • 333

Vila Nova de Gaia, 22 fev (Lusa) -- O presidente da Câmara de Gaia considerou hoje que não é com cidadãos com menos dinheiro no bolso, infelizes e desesperançados ou com empresas deprimidas e sem capacidade de investir que se ganha a competitividade económica.

"O sinal dos tempos demonstra que não é este o caminho para tornar as economias competitivas. Um dia destes todos iremos aprender a lição. E a lição, obviamente, não é uma lição portuguesa, é uma lição europeia e internacional", disse Luís Filipe Menezes.

Numa das suas "últimas cerimónias enquanto presidente da Câmara de Gaia", na assinatura de um protocolo com farmácias do concelho, o autarca referiu que não é esse o caminho que pretende seguir.