Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Museu de Viana junta peças históricas doadas à evolução da arte de trabalhar o ouro

Lusa

  • 333

Viana do Castelo, 10 mai (Lusa) - O Museu do Traje de Viana do Castelo passou hoje a integrar uma oficina que retrata a arte tradicional de trabalhar o ouro, juntando-se à coleção histórica de 600 peças já doada pelo ourives Manuel Freitas.

"Para mim, é o concretizar de um sonho. Sempre desejei construir em Viana do Castelo um polo de atração da ourivesaria tradicional portuguesa", explicou hoje à Lusa o ourives, que dinamizou a abertura da "Oficina do Ouro".

Do novo espaço, que hoje abriu portas naquele museu municipal, consta documentação e suportes multimédia sobre os métodos de trabalho do ouro e a sua evolução ao longo dos tempos, mas também ferramentas únicas e centenárias, como candeias a gás utilizadas, há cerca de um século, para dar forma às peças.