Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Municípios: Criação de superautarquia na área metropolitana do Porto "não faz sentido" - Luís Filipe Menezes

Lusa

  • 333

Gaia, 28 jun (Lusa) - O presidente da Câmara de Gaia considerou hoje não fazer sentido a criação de uma superautarquia ao nível da Área Metropolitana do Porto, defendendo, em alternativa, um "reforço do associativismo municipal" e um novo debate sobre a regionalização.

"O que me parece que não faz sentido - e penso que nem está na agenda do governo - é criar uma superautarquia, eleita por sufrágio universal, que, por exemplo, fosse a área metropolitana toda", assinalou hoje Luís Filipe Menezes, no final da cerimónia de atribuição de medalhas honoríficas da cidade.

Menezes falava um dia depois de o presidente da Associação Comercial do Porto, Rui Moreira, defender a necessidade de reorganizar a Junta Metropolitana do Porto e de eleger o seu líder por sufrágio direto.