Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mundo precisa de mais 600 milhões de empregos em 15 anos - Banco Mundial

Lusa

  • 333

Lisboa, 02 out (Lusa) -- As pressões demográficas exigem a criação de 600 milhões novos empregos em todo o mundo na próxima década e meia, sobretudo em África e na Ásia, disse hoje o presidente do Banco Mundial (BM), Jim Yong Kim.

No prefácio do Relatório sobre o Desenvolvimento Mundial de 2013 do BM, que analisa o papel do emprego no processo de desenvolvimento dos países, Kim alerta que no meio da atual crise económica global cerca de 200 milhões de pessoas em todo o mundo enfrentam o desemprego, 75 milhões das quais têm menos de 25 anos.

"Muitos outros milhões de pessoas, mulheres na maioria, encontram-se totalmente excluídas da força laboral. Olhando para o futuro, nos próximos 15 ambos serão necessários 600 milhões de novos empregos para absorver a crescente população em idade laboral, sobretudo na Ásia e na África subsaariana", refere ainda Jim Yong Kim.