Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mundial2014: Cristiano Ronaldo considera apuramento "justo" e rejeita "quaisquer obsessões"

Lusa

  • 333

Solna, Suécia, 19 nov (Lusa) -- O futebolista Cristiano Ronaldo, marcador dos três golos da vitória de Portugal na Suécia (3-2), rejeitou "quaisquer obsessões" pessoais pelo título de melhor do Mundo e considerou "justa" a qualificação de Portugal para o Mundial2014.

"Não tenho que dar respostas a ninguém. Quando o faço, é dentro de campo", disse o avançado luso, confrontado no espaço de entrevistas rápidas da RTP, no final da partida, com as recentes e polémicas declarações do presidente da FIFA, Joseph Blatter.

O jogador do Real Madrid, que marcou os quatro golos do "play-off" (1-0 em Lisboa, na primeira mão), afirmou, questionado sobre a disputa, com o argentino Lionel Messi, do título de melhor do Mundo: "Simplesmente, fiz o meu trabalho, como o fiz sempre nos últimos tempos".