Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mulheres africanas ainda são olhadas como "vítimas" e não como "parceiras" - responsável

Lusa

  • 333

Deauville, 15 out (Lusa) -- O mundo ainda vê as mulheres africanas sobretudo como "vítimas" e não como "parceiras", não pedindo a sua opinião para a resolução dos problemas, lamenta a chefe executiva do Fundo de Desenvolvimento para as Mulheres Africanas.

Em entrevista à agência Lusa, no final do Fórum de Mulheres, que terminou na sexta-feira, em Deauville, na Normandia francesa, Theo Sowa contrapôs a sua descrição das mulheres africanas: "Elas são fortes, inovadoras, corajosas e têm visão".