Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mulher imolou-se pelo fogo em protesto contra política chinesa no Tibete

Lusa

  • 333

Pequim, 18 nov (Lusa) - Uma tibetana imolou-se pelo fogo no noroeste da China, elevando para 75 o número de suicídios cometidos desde março de 2011 em protesto contra a política chinesa no Tibete, noticiou a AP.

Chagmo Kyi, motorista de táxi e agricultora, pegou fogo às suas vestes em frente a um mosteiro na província de Qinghai e sucumbiu às queimaduras no sábado, disse hoje a organização não governamental (ONG) International Campaign for Tibet.

A associação britânica Free Tibet e o Governo tibetano no exílio confirmaram a informação.