Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mulher detida em Gouveia por suspeita de infanticídio ficou em liberdade

Lusa

  • 333

Gouveia, 19 abr (Lusa) - O tribunal de Gouveia aplicou o termo de identidade e residência a uma mulher de 35 anos, desempregada, pela presumível prática de um crime de infanticídio, disse hoje à agência Lusa fonte policial.

A mulher foi detida esta semana pela Polícia Judiciária (PJ) da Guarda, após ter dado entrada no centro de saúde de Gouveia com hemorragias, supostamente originadas por um parto feito em casa, de que resultou a morte do recém-nascido.

Após alerta para as autoridades policiais, a suspeita foi identificada e detida por elementos do Departamento de Investigação Criminal da PJ Guarda, que a apresentaram ao tribunal de Gouveia para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.