Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mulher condenada em Pombal a quatro anos de prisão por mandar matar ex-marido

Lusa

  • 333

Pombal, 15 jul (Lusa) - O Tribunal de Pombal condenou hoje uma mulher a quatro anos de prisão, com pena suspensa por igual período, pela tentativa de homicídio, na forma tentada, do seu ex-marido.

O homem com quem Arminda Ferreira mantinha à data dos factos um relacionamento amoroso, Gil Lourenço, foi igualmente condenado pela coautoria do crime.

Durante o julgamento ficou provado que em 2008 ambos terão contactado uma pessoa para matar Diamantino Roda.