Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mulher acusada de matar marido a tiro no Porto diz que disparo foi acidental

Lusa

  • 333

Porto, 17 jun (Lusa) - A mulher acusada de matar marido a tiro em 22 junho de 2012, num apartamento no Porto, disse hoje em tribunal que nunca tinha visto a arma antes dos factos e que esta se disparou acidentalmente.

A arguida, Maria Ribeiro, de 48 anos, começou hoje a ser julgada na 2.ª Vara Criminal do Porto sob a acusação de um crime de homicídio qualificado -- vitimando o marido, Elísio Ribeiro - e de outro por detenção de arma proibida.

Após o crime, diz o Ministério Público (MP), a mulher retirou-se do apartamento, não disse nada a ninguém sobre o que tinha acontecido e foi-se embora para Viana do Castelo, onde nasceu e tem residência.