Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

MP recorre para a Relação de Coimbra no caso que envolve Paulo Júlio

Lusa

  • 333

Coimbra, 10 abr (Lusa) -- O Ministério Público (MP) anunciou hoje ter interposto recurso à decisão judicial de não levar a julgamento o antigo presidente da Câmara de Penela e ex-secretário de Estado da Administração Local Paulo Júlio.

Paulo Júlio foi na terça-feira ilibado pelo Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Coimbra da alegada prática, enquanto presidente da Câmara de Penela, de um crime de "prevaricação de titular de cargo político".

Hoje, em comunicado, a Procuradoria-Geral da República (PGR) anunciou que o MP rejeita o teor do despacho.