Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

MP pede pena "nunca inferior a 20 anos" para acusado de matar a mulher à paulada

Lusa

  • 333

Fundão, 10 jul (Lusa) - O Ministério Público (MP) do Fundão pediu hoje "uma pena de prisão nunca inferior a 20 anos" para o homem que está acusado de ter assassinado a mulher à paulada, a 15 de abril deste ano.

O crime ocorreu naquela cidade e começou a ser julgado 15 dias depois, em processo sumário.

"Enraivecido, atacou-a com um pau e, quando esta caiu, colocou-se sobre ela e esganou-a. Depois, levantou-se e voltou a bater-lhe com o pau", resumiu Paulo Nabais, o procurador do MP, que, durante as alegações finais, fez uma espécie de filme com o que acredita ter sido o desenrolar dos acontecimentos.