Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Movimento Socialista de Eurodescendentes quer mais integração entre a Venezuela e Portugal

Lusa

  • 333

Caracas, 10 mai (Lusa) - O Movimento Socialista de Eurodescendentes (MSE) quer uma maior integração e articulação entre Portugal, a Venezuela e os países da Europa, em diferentes áreas, principalmente na empresarial, comercial, cultural e académica, disse à Agência Lusa o seu coordenador.

"Hoje celebra-se o Dia da Europa. Somos um movimento constituído na Venezuela, que queremos representar todos os eurodescendentes, dar apoio às comunidades europeias que fazem vida aqui e querem articular com a Europa, no sentido empresarial, comercial, cultural e académico, entre outros", disse Norberto Nunes.

O mesmo responsável falava à Agência Lusa, no âmbito do ato de apresentação público do MSE, que teve lugar quinta-feira na Praça Bolívar de Caracas onde foi feita uma deposição de flores no monumento a Simón Bolívar.