Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Movimento exige respeito a Godinho Lopes

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 jan (Lusa) -- Os sócios do Sporting André Patrão e Miguel Paim exigiram hoje respeito aos membros do Conselho Diretivo, recordando que a realização de uma assembleia-geral extraordinária para decidir o futuro do clube não depende da vontade de Godinho Lopes.

Num comunicado enviado à Agência Lusa, os proponentes do movimento "Dar Rumo ao Sporting" sublinham que "a concretização da assembleia-geral não depende da vontade do Conselho Diretivo, mas a continuação do Conselho Diretivo depende da vontade expressa em assembleia-geral"

"Exige-se por isso uma postura respeitosa por parte da Direção para com quem lhe dá o poder, e para com quem o poderá igualmente retirar", acentuam.