Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Morto alegado chefe de guerrilha da Colômbia

Lusa

  • 333

Bogotá, 10 jan (Lusa) -- Um alegado chefe da guerrilha do Exército de Libertação Nacional da Colômbia (ELN), a quem se atribui o assassínio de sete soldados e de quatro polícias em Antioquia, no noroeste da Colômbia, morreu hoje em confrontos com tropas do Exército.

Num comunicado, citado pela agência noticiosa espanhola Efe, o exército colombiano indica que o alegado chefe guerrilheiro, cuja identidade não foi divulgada, conhecido por "Victor", morreu no município de Amalfi.

"Victor", que segundo as autoridades integrava as fileiras do ELN, a segunda maior guerrilha da Colômbia, era o chefe da frente "Capitão Maurício".