Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Morte de cinco bombeiros este ano ultrapassa média anual desde 1980

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 ago (Lusa) - Os cinco bombeiros mortos, este ano, no combate a incêndios florestais, ultrapassa já a média anual de três mortes verificada desde 1980, disse à agência Lusa o diretor nacional de bombeiros, da Autoridade Nacional de Proteção Civil, Pedro Lopes.

O responsável disse que a média de três bombeiros mortos por ano, desde 1980, era fixada devido aos incêndios de Armamar, em setembro de 1985, em que faleceram 14 soldados da paz, e em Águeda, em junho do ano seguinte, com 13 vítimas mortais.

Os anos de 1986 (com 16 bombeiros mortos), 1992 (com 12) e 2005 (16) foram aqueles em que mais bombeiros perderam a vida no combate a incêndios.