Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Morreu um dos feridos do incêndio industrial de Gaia

Lusa

  • 333

Porto, 04 mar (Lusa) -- O homem que sofreu queimaduras graves no incêndio que deflagrou na quinta-feira na fábrica de tintas Silaca, em Gaia, morreu no domingo, informou hoje o Hospital da Prelada, Porto, onde se encontrava internado.

"O doente de 45 anos, internado na Unidade de Queimados do Hospital da Prelada, faleceu ontem [domingo] ao fim da tarde, apesar de todos os tratamentos prestados pela equipa médica", refere um comunicado hoje divulgado por aquela entidade.

O documento acrescenta que "atendendo à gravidade e à área das queimaduras, em cerca de 80% da superfície corporal, associadas a lesão pulmonar, o doente não resistiu aos ferimentos".