Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Morgan Stanley e Credit Suisse reduzem participações na PT para menos de 2%

Lusa

  • 333

Lisboa, 17 out (Lusa) -- O Morgan Stanley e o Credit Suisse reduziram as suas participações na Portugal Telecom (PT), passando a deter menos de 2% dos direitos de voto correspondentes ao capital social, informou hoje a operadora de telecomunicações.

Em dois comunicados enviados à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a PT refere que o Morgan Stanley passou a deter 1,76% do seu capital social e dos correspondentes direitos de voto, enquanto o Credit Suisse ficou com uma participação de 1,91%.

No caso da participação do Morgan Stanley, a operadora refere que a alteração "resultou do facto de, em 11 de outubro de 2013, ter sido reduzido, em 2.500.000 ações ordinárias da PT, um empréstimo de ações à MS Equity Financing Services (Luxembourg) S.a.r.l".