Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Moradores contestam segurança de obras de hotel paradas na praia da Tocha

Lusa

  • 333

Tocha, Cantanhede, 14 nov (Lusa) - Moradores vizinhos das obras de um hotel, na Praia da Tocha, Cantanhede, cuja construção parou há cerca de seis meses, alertaram hoje para a falta de condições de segurança do local.

O terreno, a algumas dezenas de metros da duna primária na zona norte da praia da Tocha e rodeado por moradias e apartamentos, é hoje um estaleiro deserto no meio do qual, em redor do piso de areia, existe um lago - provavelmente de águas da chuva - que cobre parte das fundações do edifício inacabado, cujo alvará caducou em 07 de novembro.

"A obra parou, já está parada desde maio. Temos aqui uma construção que é um mamarracho, em bom rigor. E há o perigo de alguém cair nesta lagoa", disse Sílvia Carvalho, advogada.