Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Moody's considera insuficientes progressos na periferia da zona euro

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 27 ago (Lusa) -- A agência de notação financeira Moody's enalteceu na segunda-feira os progressos registados nos países da "periferia" da zona euro, destacando no entanto que estes são insuficientes para um crescimento "sustentável" antes de 2017.

"Os países da periferia da zona euro alcançaram progressos para fazer face aos respetivos desequilíbrios internos e externos e às suas perdas de competitividade", destaca a agência num relatório entretanto divulgado.

A Moody's salienta que este grupos de países, nomeadamente, a Grécia, Itália, Espanha, Chipre, Portugal e Irlanda, aplicaram, cada um à sua medida, políticas drásticas de austeridade para combater o seu endividamento num contexto de recessão económica.