Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Molaflex contraria crise em Espanha com outros mercados e projeta construir fábrica em Angola

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 abr (Lusa) -- A Molaflex, especializada no fabrico de colchões, está a contrariar a crise em Espanha ao reforçar a sua ofensiva externa noutros mercados, como Angola, onde já projeta construir uma fábrica, disse o diretor-geral da empresa portuguesa.

Em declarações à Lusa, Victor Marinheiro, afirmou que as vendas internacionais da Molaflex representam 60% da faturação global, mas que com "a contração económica em Espanha", país para onde exportam desde 2009, estão "já a reforçar as operações noutros mercados", caso de Angola, onde preveem construir uma fábrica em 2017 ou 2018.

Com 62 anos de história, a Molaflex que tem a sede e a fábrica em São João da Madeira, Aveiro, decidiu há quatro anos alterar a forma de encarar a abordagem do negócio -- principalmente voltado para o mercado interno -- avançando para Espanha, Angola, Cabo Verde e Moçambique.