Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Moção de censura do PS lançará país na instabilidade política -- ministro Administração Interna

Lusa

  • 333

Lisboa, 21 mar (Lusa) - O ministro da Administração Interna considerou hoje que se o PS apresentar uma moção de censura ao Governo estará a lançar o país na instabilidade política, que implicará a negociação de um segundo resgate e mais sacrifícios.

"Ao que consta [o PS] tem na mira a intenção de apresentar uma moção de censura, ao que se diz é esta a novidade que o seu líder tem para anunciar em primeira mão aos seus pares numa qualquer reunião extraordinária a ocorrer num qualquer de um dos próximos dias", afirmou o ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, no encerramento da interpelação ao Governo agendada pelo PCP sobre "a situação nacional, a urgência da demissão do Governo e da rejeição do Pacto de Agressão; por uma política alternativa para o progresso do País".

E, continuou, caso isso aconteça, o significado é claro, já que uma moção de censura visa derrubar o Governo: "O que o partido que deixou o país na bancarrota quer é lançar agora o país na instabilidade política, é precipitar o país em novas eleições, para que Portugal tenha de negociar um segundo resgate, o que significará para os portugueses mais e novos sacrifícios".