Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Moçambique: Renamo diz que não há condições para encontro entre Afonso Dhlakama e Armando Guebuza

Lusa

  • 333

Maputo, 05 nov (Lusa) - A Renamo, principal partido da oposição moçambicana, rejeitou hoje o convite da Presidência moçambicana para um encontro entre o líder do movimento, Afonso Dhlakama, e o chefe de Estado, Armando Guebuza, considerando não haver condições para a reunião.

Em comunicado de imprensa, Edson Macuácuá, porta-voz do Presidente moçambicano, afirmou hoje que Armando Guebuza está disposto a encontrar-se com o líder da Renamo (Resistência Nacional Moçambicana) Afonso Dhlakama, para discutirem a tensão política e militar no país, a pior desde a assinatura do Acordo Geral de Paz (AGP), em 1992.

"O Presidente Armando Guebuza, no âmbito dos esforços contínuos empreendidos pelo Governo visando a preservação da paz, convidou o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, a deslocar-se no próximo dia 08 de novembro a Maputo, para um encontro que servirá para a auscultação das preocupações que apoquentam a Renamo", refere o comunicado distribuído à imprensa por Edson Macuácua, porta-voz do Presidente moçambicano.