Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Moçambique: Maputo acorda calma depois de ameaça de "grande greve" contra aumento de custo de vida

Lusa

  • 333

Maputo, 01 jun (Lusa) - O movimento na capital moçambicana, Maputo, está calmo, mas o espetro da "grande greve" convocada para hoje por SMS levou ao reforço do contingente policial nas artérias da principal cidade do país.

Na quinta-feira, mensagens postas a circular nos telemóveis de muitas pessoas em Maputo apelavam para a realização de uma "grande greve" para protestar contra a remoção das barracas e elevados preços de alimentos e transportes semicolectivos, vulgo "chapas".

As autoridades municipais de Maputo desdramatizaram a ameaça de manifestações, apelando à população para manter tranquilidade face às mensagens de exortação a atos de vandalismo contra residências, escolas, lojas, e avisando os pais para terem "muito cuidado" e "não deixarem os filhos saírem de casa".