Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Moçambique: Investigador exclui guerra civil, mas alerta para custos do conflito

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 out (Lusa) - O investigador Fernando Jorge Cardoso defendeu hoje que a denúncia do acordo de paz em Moçambique não resultará no recomeço da guerra civil, mas alertou que um conflito militar localizado, na Gorongosa, provocará problemas económicos ao país.

"Embora não existam condições internas, regionais ou internacionais para o recomeço de um conflito generalizado, não significa que a Renamo [principal partido da oposição] não tenha capacidade de provocar problemas económicos ao regime moçambicano e instabilidade política por causa do conflito, mesmo que localizado", disse o analista, contactado pela Lusa por telefone.

Investigador no Instituto Marquês de Valle Flor, Cardoso recordou que a serra da Gorongosa, onde o líder da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), Afonso Dhlakama, se acantonou há um ano, está perto da estrada que liga Moçambique de norte a sul e da linha de caminho-de-ferro da Beira, por onde é feito o transporte das exportações de carvão de Moatize para o porto da Beira, para exportação.