Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Moçambique: Governo vai criar regulador de infraestuturas ferro-portuários construídas pela Vale

Lusa

  • 333

Maputo, 30 ago (Lusa) - O Governo moçambicano vai criar um operador logístico das infraestruturais ferro-portuárias que estão a ser construídas pela mineira brasileira Vale, empresa que hoje assegurou que respeitará o "princípio de transparência" na utilização das vias por outras companhias.

A Vale-Moçambique está a alargar os seus projetos, nomeadamente o complexo industrial de Moatize, construindo duas novas linhas férreas entre Moatize-Malaui, e os distritos moçambicanos de Lago-Monapo, e vai criar um novo terminal portuário em Nacala-a-Velha, na província de Nampula, norte do país.

Falando hoje aos jornalistas, o diretor de Implantação de projetos da Vale-Moçambique, Ricardo Saad, garantiu que "não há de forma alguma conflito de interesse" da parte da multinacional brasileira, que constrói as linhas, ao abrigo de um acordo com o Governo de Maputo.