Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Moçambique e Brasil defendem "incremento" da cooperação bilateral

Lusa

  • 333

Maputo, 28 mar (Lusa) - Os presidentes moçambicano, Armando Guebuza, e do Brasil, Dilma Rousef, defenderam o "incremento" da cooperação bilateral e previram que os projetos conjuntos no setor mineiro comecem a dar frutos.

A determinação dos dois chefes de Estado no estreitamento das relações de cooperação foi manifestada num encontro entre Armando Guebuza e Dilma, à margem da conferência do grupo dos quatro principais países emergentes, nomeadamente Brasil, Índia, China e África do Sul (BRICS), a que Armando Guebuza foi convidado na qualidade de presidente em exercício da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

Em declarações à imprensa após a reunião, o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, Henrique Banze, afirmou que Armando Guebuza e Dilma Rousef avaliaram a cooperação bilateral, defendendo depois a necessidade do incremento.