Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Moçambique: Autoridades já detiveram 22 suspeitos de envolvimento na vaga de raptos

Lusa

  • 333

Maputo, 18 jun (Lusa) - Vinte e duas pessoas estão detidas por suposto envolvimento no rapto de nove cidadãos de origem asiática, registados nos últimos meses na capital moçambicana, Maputo, disse hoje o vice-ministro do Interior de Moçambique, José Mandra.

Empresários da influente comunidade islâmica de Maputo têm sido o alvo preferencial dos raptos em Maputo, cujas famílias são confrontadas com resgates que variam de 500 mil a dois milhões de dólares, segundo o vice-ministro do Interior moçambicano.

Numa reunião realizada na sexta-feira, o Ministério do Interior de Moçambique e a comunidade islâmica decidiram criar uma equipa de trabalho para tratar dos raptos.