Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

MNE australiano reconheceu saber de prisão do "réu X" em Israel

Lusa

  • 333

Sydney, Austrália, 14 fev (Lusa) - O ministro dos Negócios Estrangeiros da Austrália, Bob Carr, admitiu hoje que o governo de Camberra sabia desde fevereiro de 2010 da detenção do australiano Ben Zigyer, um alegado espião da Mossad que se suicidou no final desse ano numa prisão secreta em Israel.

"O Governo australiano foi informado em fevereiro de 2010, através dos canais de informações, que as autoridades de Israel tinham detido um cidadão com dupla nacionalidade - israelita e australiana - por ofensas graves cometidas sob as leis de segurança de Israel", explicou o governante no Senado australiano.

A cadeia australiana ABC revelou esta semana que a identidade do chamado "reú X" era Ben Zygier, um homem de 34 anos, natural de Melbourne e que há 10 anos vivia em Israel, onde casou com uma israelita e tinha dois filhos.