Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Missão surdolímpica portuguesa disposta a conseguir a melhor prestação de sempre

Lusa

  • 333

Lisboa, 18 jul (Lusa) -- O chefe da missão portuguesa aos Jogos Surdolímpicos Sófia2013, Rui Pinheiro, manifestou hoje a vontade de, no mínimo, igualar as quatro medalhas conquistadas há quatro anos em Taipé.

"O mínimo que pretendemos é o mesmo resultado, mas acho que os atletas têm capacidade para conseguir melhor", afirmou Rui Pinheiro, na apresentação oficial da missão aos Jogos Surdolímpicos, que vão decorrer na Bulgária entre 26 de julho e 04 de agosto.

O chefe da missão lusa, composta por 13 atletas entre os quais sete estreantes, considerou que o grupo tem características diferentes daquele que marcou presença em Taipé, "mas continua a ter muita qualidade".