Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mira Amaral: BIC vai absorver 900 trabalhadores do ex-BPN

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 dez (Lusa) -- O BIC vai absorver cerca de 900 dos ex-trabalhadores do BPN, enquanto os restantes 300 serão despedidos por extinção do posto de trabalho, de acordo com os dados avançados pelo presidente do banco luso-angolano, Mira Amaral.

"Só posso dizer que vamos ficar com mais do que os 750 [trabalhadores] estimados (...) e que talvez o número de 900 não ande longe da verdade", disse Mira Amaral à agência Lusa, na primeira entrevista após a fusão jurídica entre o BIC e o BPN, que ocorreu na sexta-feira passada.

O BIC comprou em março o BPN por 40 milhões de euros. De acordo com o contrato assinado com o Estado, o banco de capitais luso-angolano comprometeu-se a ficar no mínimo com 750 trabalhadores dos cerca dos 1.200 que herdou do BPN e a manter pelo menos 160 dos 220 balcões e centros de empresa. O processo terá de estar fechado até final do ano.