Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministro japonês da Justiça demite-se por antigas ligações à máfia

Lusa

  • 333

Tóquio, 23 out (Lusa) -- O ministro japonês da Justiça, Keishu Tanaka, demitiu-se, menos de um mês depois de ter sido designado, por causa de um escândalo de fundos políticos e de antigas ligações à máfia nipónica, informou hoje a televisão pública NHK.

Tanaka, 74 anos, tem estado debaixo de fogo depois de no dia 12, ter admitido que serviu de intermediário no matrimónio de um membro da máfia nipónica -- conhecida como "Yakuza" -- há 30 anos e de ter confessado que marcou presença numa festa oferecida por um líder da organização criminosa.

Mesmo antes do escândalo ter vindo a público, o titular da Justiça já era foco de atenção por ter recebido, entre 2006 e 2009, cerca de 420.000 ienes (cerca de 4.000 euros) em donativos políticos de um cidadão estrangeiro, uma prática ilegal no Japão.