Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministro diz que não responde a "conflito de interesses" no uso do medicamento

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 set (Lusa) - O ministro da Saúde, Paulo Macedo, afirmou hoje que a tutela não dará cobertura a "conflito de interesses" na defesa do uso do medicamento, reclamando dos profissionais responsabilidade perante os doentes.

"Não daremos cobertura a situações de conflito de interesses na advocacia do uso do medicamento", declarou, em Lisboa, na sessão solene do Dia do Farmacêutico, assinalando que "se exige aos profissionais um vínculo especial, também de natureza ética, em relação às suas responsabilidades, em particular junto dos doentes".