Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministro das Finanças quer "reflexão profunda sobre as funções do Estado" para evitar "cortes cegos"

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 nov (Lusa) - O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, apelou hoje a uma "reflexão profunda sobre as funções do Estado" que "evite cortes cegos na despesa pública e permita proteção dos valores fundamentais do Estado social".

"Deve haver um diálogo construtivo entre todos os partidos do arco da governação" a este respeito, disse o ministro durante uma audiência na comissão parlamentar de acompanhamento ao programa de assistência a Portugal.

Gaspar respondia a uma questão do deputado do PSD Pedro Pinto, que também perguntou ao ministro de quem tinha partido a iniciativa de renegociar as metas orçamentais para este ano e para o próximo (na última revisão da 'troika', as metas para o défice foram aumentadas este ano de 4,5% para 5% do PIB, e de 3% para 4,5% em 2013).