Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministro das Finanças alemão defende eleição direta do presidente do Conselho Europeu em 2014

Lusa

  • 333

Berlim, 03 nov (Lusa) - O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble defendeu hoje que o presidente do Conselho Europeu possa ser escolhido por sufrágio direto já nas próximas eleições para o Parlamento Europeu, em 2014.

"Quanto mais cedo, melhor. As eleições europeias seriam um bom momento", disse o ministro, numa entrevista publicada hoje pelo diário alemão Rheinische Post.

Na entrevista, o ministro mostrou-se convencido que o "efeito integrador" do sufrágio direto do presidente faria avançar a Europa.