Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministro das Finanças alemão defende eleição direta de presidente da Comissão Europeia

Lusa

  • 333

Hanover, Alemanha, 06 out (Lusa) - O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schauble, defendeu hoje a eleição direta do presidente da Comissão Europeia como um "passo decisivo" para uma maior identificação dos cidadãos com a Europa.

Em discurso proferido em Hanover, Schauble declarou-se convencido de que a participação dos cidadãos nos sufrágios para os órgãos de decisão europeus seria maior se o lugar máximo do executivo comunitário estivesse também na agenda eleitoral.

Para o governante alemão, umas eleições presidenciais para a Comissão contribuiriam para criar uma opinião pública comunitária, indispensável para o sentimento de pertença na Europa.