Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministro da Educação admite que sejam anuladas licenciaturas atribuidas na Lusófona

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 out (Lusa) -- O ministro da Educação admitiu hoje que a Universidade Lusófona venha a anular graus de licenciatura ou outros que tenha atribuído, se ficar comprovado que houve ilegalidades no processo de atribuição de creditações a alunos.

"É possível que em alguns casos se detetem" irregularidades, mas será a própria universidade a fazer esse trabalho, supervisionado pelo Ministério da Educação, afirmou Nuno Crato à agência Lusa.

Essas irregularidades implicarão a anulação dos graus académicos atribuídos a alunos.