Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministro da Economia admite que quebra da atividade portuária pode levar a despedimentos

Lusa

  • 333

Lisboa, 05 dez (Lusa) - Os efeitos que a greve dos estivadores provocam sobre a atividade dos portos portugueses poderá levar os operadores a reduzirem o quadro de pessoal, disse hoje o ministro da Economia Álvaro Santos Pereira.

"Isso é uma decisão dos operadores. No entanto, é muito claro que esta greve está a afetar alguns portos de forma muito acentuada. Obviamente que, se há menos movimentação de carga e se os portos são muito afetados na sua atividade, é muito natural que alguma coisa tenha que ser feita", afirmou o governante.

Isto, depois de ter sido questionado pelos jornalistas à margem de uma conferência em Lisboa sobre o alerta feito na terça-feira pelo Instituto dos Portos acerca da possibilidade de haver despedimentos no setor portuário em consequência da quebra da atividade provocada pela greve dos estivadores.