Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministro australiano demitiu-se depois de voto de confiança a Gillard

Lusa

  • 333

Sydney, 22 mar (Lusa) -- O ministro da Educação Terciária e das Pequenas Empresas da Austrália, Chris Bowen, demitiu-se hoje do cargo, um dia depois de o Partido Trabalhista ter dado um voto de confiança a Julia Gillard.

De forma inesperada, Gillard anunciou na quinta-feira no parlamento australiano a decisão de convocar eleições para a direção do seu partido no mesmo dia, depois de o então titular da pasta das Artes, Simon Crean, ter publicamente pedido ao ex-primeiro-ministro Kevin Rudd para se candidatar.

Rudd anunciou dez minutos antes da votação que não seria candidato e Gillard manteve-se na liderança do partido, o que levou Crean a demitir-se do cargo e hoje Bowen, também simpatizante de Rudd, tomou a mesma decisão.