Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministra da Justiça pede a deputados da maioria que sejam "referências"

Lusa

  • 333

Lisboa, 27 out (Lusa) - A ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, defendeu hoje que classe política tem de ser exemplar para não perder a legitimidade, argumentando que caso não se constitua como uma referência dificilmente os portugueses aceitarão sacrifícios.

"Se nós não formos referências, dificilmente os portugueses aceitarão sacrifícios. A classe política tem de ser exemplar, se não for perdemos legitimidade. Nessa medida, todos e cada um de nós, no seu local, tem de ser essa referência", defendeu Paula Teixeira da Cruz.

A ministra falava perante os deputados do PSD e do CDS-PP, nas jornadas parlamentares conjuntas das duas bancadas, que decorrem desde sexta-feira e terminam hoje, na sala do Senado da Assembleia da República.