Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministra cabo-verdiana refere-se a "golpes de estado" no atraso de pagamento de pensões

Lusa

  • 333

Cidade da Praia, 23 mai (Lusa) - A ministra das Finanças cabo-verdiana, Cristina Duarte, escusou-se na quarta-feira, a comentar o atraso no pagamento das pensões aos reformados, sugerindo que falar sobre o assunto é "pactuar com golpes de Estado".

A governante falava em conferência de imprensa sobre a missão de oito dias do Grupo de Ajuda Orçamental (GAO), constituído por elementos do Banco Mundial, Banco Africano do Desenvolvimento e União Europeia, e que teve por objetivo analisar questões relacionadas à reforma de Estado e competitividade.

Quando questionada pelos jornalistas sobre esta situação, a ministra escusou-se a responder à pergunta dos jornalistas.