Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministério Público pede prisão efetiva para acusados de roubos e agressões na noite do Porto

Lusa

  • 333

Porto, 19, fev (Lusa) - O Ministério Público pediu hoje "pena efetiva de prisão" para alguns dos 18 jovens acusados de agredir e roubar frequentadores de espaços de diversão noturna do Porto e, em alguns casos, de Vila Nova de Gaia.

A procuradora junto da 3.ª Vara Criminal do Porto considerou que os acusados formavam "um bando que se dedicava à prática reiterada de crimes", tendo referido que a "maioria deles" encontrava-se no "liminar da inimputabilidade".

A magistrada do Ministério Público afirmou ainda que alguns arguidos "aparentemente não fizeram nada, mas fizeram", tendo colaborado com os outros nos atos praticados.