Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministério Público pede condenação de ex-administradores dos CTT por gestão danosa

Lusa

  • 333

Coimbra, 10 abr (Lusa) -- O Ministério Público (MP) pediu, hoje, no tribunal de Coimbra, a condenação dos ex-administradores dos CTT Carlos Horta e Costa e Manuel Batista, acusados de crimes de gestão danosa e de participação económica em negócio.

A procuradora Ângela Bronze sustentou hoje, durante as alegações finais do julgamento, que, no período em que aqueles gestores integraram a administração dos Correios, se observou uma "situação de favorecimento" a terceiros e de "permeabilidade por parte dos CTT".

O antigo presidente dos CTT, Carlos Horta e Costa está pronunciado por um crime de gestão danosa e seis de participação económica em negócio, e Manuel Batista, por gestão danosa e cinco crimes de participação económica em negócio.