Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministério Público do Porto acusa13 pessoas por furtos qualificados em todo o país

Lusa

  • 333

Porto, 17 out (Lusa) - O Ministério Público deduziu acusação contra 13 arguidos, todos estrangeiros, imputando-lhes a prática de, entre outros, crimes de furto qualificado concretizados em todo o país, revela hoje a Procuradoria-Geral Distrital do Porto.

"Os arguidos, provenientes da Geórgia, deslocaram-se para Portugal com o intuito de procederem ao assalto de residências" levando, "preferencialmente, objetos de ouro, joias, relógios, computadores e outros objetos facilmente transportáveis, assim como o dinheiro que encontrassem", lê-se na página da Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto.

Liderados por um dos arguidos que, segundo a PDG do Porto, também recebia o produto dos assaltos e tinha a seu cargo o seu escoamento, "os arguidos levaram a cabo, no período compreendido entre 22 de junho de 2011 e 12 de junho deste ano, pelo menos 37 assaltos, ou tentativas de assalto, a casas, subtraindo bens e quantias cujo valor global superou os 240 mil euros".