Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministério Público acusa três arguidos por peculato e falsificação na Gebalis, em Lisboa

Lusa

  • 333

Lisboa, 09 out (Lusa) - O Ministério Público deduziu hoje acusação contra três arguidos pela prática de crimes de peculato e falsificação ocorridos durante um ano na empresa da gestão dos bairros municipais de Lisboa, a Gebalis, informa a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

Numa nota publicada na sua página oficial na Internet, a PGDL afirma que "ficou indiciado que no período compreendido entre 07 de fevereiro de 2007 e 26 de junho de 2008 os três arguidos agiram de acordo com um plano comum de falsificação de cheques da Gebalis de forma a apropriarem-se de quantias que não lhes pertenciam, em prejuízo da empresa municipal".

Por isso, o Ministério Público (MP) "deduziu acusação contra três arguidos pela prática dos crimes de peculato e falsificação, ocorridos no âmbito do exercício de funções de um dos arguidos na Gebalis".