Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministério Público acusa condutor de autocarro que transportava orfeão de Águeda

Lusa

  • 333

Santa Maria da Feira, 17 jun (Lusa) - O Ministério Público considerou que o condutor do autocarro que se despistou em Santa Maria da Feira, quando transportava o coro do Orfeão de Águeda, foi o único responsável pelo acidente, que provocou um morto e dezenas de feridos.

Os factos remontam a 17 de outubro de 2009, quando o autocarro com 36 ocupantes se despistou e capotou, numa curva do nó de ligação da Estrada Nacional n.º 223 com o IC2, em Escapães, Santa Maria da Feira.

Segundo o despacho de acusação do Ministério Público (MP) de Santa Maria da Feira, a que a Lusa teve hoje acesso, o procurador responsável pelo caso não teve dúvidas, face aos relatos das testemunhas ouvidas, de que foi a velocidade excessiva que o arguido alegadamente imprimia ao autocarro que provocou o seu capotamento.