Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministério Público acusa candidatos do PND que invadiram Jornal da Madeira no ano passado

Lusa

  • 333

Funchal, 30 nov (Lusa) -- O Ministério Público acusou oito candidatos do Partido da Nova Democracia que em setembro de 2011, na campanha para as eleições legislativas regionais, invadiram as instalações do Jornal da Madeira, órgão detido maioritariamente pelo Governo Regional, do PSD.

No despacho de acusação, a que a agência Lusa teve hoje acesso, o Ministério Público (MP) imputa ao atual deputado do PND na Assembleia Legislativa da Madeira Hélder Spínola e ao vereador na Câmara do Funchal Gil Canha um crime de introdução em lugar vedado ao público.

Pelo mesmo crime respondem ainda Márcio Amaro, Dionísio de Andrade, Baltasar Aguiar, Joel Viana, António Fontes e Eduardo Welsh.