Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministério das Finanças guineense anuncia "bancarização" das receitas a partir de hoje

Lusa

  • 333

Bissau, 22 out (Lusa) - O ministro das Finanças do Governo de transição da Guiné-Bissau anunciou a entrada em vigor, a partir de hoje, do sistema de "bancarização" das receitas dos serviços das Alfândegas e das Contribuições e Impostos.

De acordo com Abubacar Demba Dahaba, citado pela Rádio SolMansi, o sistema resulta de um acordo assinado entre o Ministério das Finanças e o Banco Panafricano, Ecobank.

A reforma destina-se a reduzir os riscos de manipulação de dinheiro e melhor controlo das receitas públicas, afirmou Dahaba citado pela rádio, sublinhando que progressivamente o sistema de "bancarização" (utilização de cheques ou de transferências bancárias e não de dinheiro) de receitas será implementado a nível nacional.